google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Corinthinha estreia com vitória sobre o Corneta na 1ª Super Copa Filhos da Terra

Por Lucas Ribeiro

Na fria noite de sábado (29), no CDC Décio da Silva, o Corinthinha, da Vila Piauí, faria a sua estreia na 1ª Super Copa Filhos da Terra de Futebol Amador. Minutos antes, o Nacional, de Diadema, tinha acabado de levantar a taça da 22ª Copa Leões, ao bater o Panela, do Capão Redondo, nos pênaltis. O Corneta vinha de uma vitória sobre o Nada a Perder, que acabou sendo eliminado na competição.

O jogo

O jogo foi complicado. Corinthinha e Corneta fizeram um jogo extremamente truncado. Embora o Corinthinha tivesse mais a posse de bola, não conseguia criar jogadas. O Corneta por sua vez também não conseguia desenvolver as jogadas ofensivas.

A única jogada de perigo do primeiro tempo foi um chute de Juca aos 12 minutos do primeiro tempo. Ele recebeu na entrada da área e bateu colocado. Hugo caiu no canto esquerdo e fez boa defesa, evitando o primeiro gol do Corinthinha.

Gol e expulsões fazem bem ao jogo

O segundo tempo começou igual ao primeiro. O Corinthinha tinha mais posse, mas não ameaçava o gol de Hugo. O Corneta por sua vez não sofria, mas também não chegava perto de ameaçar o gol de Leandro.

O primeiro lance de perigo veio somente aos 18 minutos, o primeiro do Corneta na partida. Cruzamento da direita, a zaga afastou, mas ela sobrou para Dante, que pegou de primeira, da entrada da área. A bola saiu raspando o poste direito de Leandro.

Aos 22, o Corinthinha aproveitou a primeira brecha da zaga do Corneta. Moreira cobrou escanteio da direita, a meia-altura. Ela passou por todo mundo até chegar em David, sozinho na pequena área, escorar pro fundo das redes, sem chances para o goleiro. 1 a 0.

O Corneta quase empatou a partida aos 27 minutos. Cruzamento da direita, Jau subiu mais que todo mundo e cabeceou firme para o gol. Leandro, de mão trocada, voou no canto direito, espalmou a bola para escanteio e evitou o empate com uma linda defesa.

Três minutos mais tarde veio o lance mais polêmico da partida. Igor fez falta mais dura na lateral e foi advertido com o cartão amarelo. Como o camisa 5 do Corneta já havia recebido um cartão amarelo, o vermelho acabou sendo mostrado e ele foi para o chuveiro mais. Na confusão da reclamação, Dante, camisa 15 do Corneta também foi expulso, gerando revolta na equipe do Socorro.

Com dois jogadores a mais, o Corinthinha administrou a sua vantagem, enquanto o Corneta estava baleado, sem forças de tentar buscar o empate. Aos 39, ainda deu tempo para Léo, volante do Corinthinha ser expulso pelo segundo amarelo, mas o placar se manteve o mesmo até o final.

Ficha Técnica
Corinthinha 1×0 Corneta
Data: 
29/09/2018
Local: CDC Décio da Silva

Corinthinha: 01- Leandro, 02- Pará, 03- Paulo, 04- David e 06- Terra; 05- Léo, 08- Juca, 10- Moreira e 11- Bruninho; 09- Lucão e 07- Banana. Téc: Silvio.

Corneta: 01- Hugo, 17- Valbert, 03- Carlos, 04- Matheus e 06- Robinho; 05- Igor, 08- Belo (02- Marcelo), 20- Fabinho (7- Abraão) e 10- Japa (23- Jau); 11- Baraúna e 09- Gama (15- Gama). Téc: Reinaldo.