google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Molecada do Galo Real surpreende e derrota o 2D pela 1ª Super Copa Filhos da Terra

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Por Lucas Ribeiro

Uma ótima estreia, com vitória por 3 a 0 e um elenco recheado de peças conhecidas. O começo do 2D na 1ª Super Copa Filhos da Terra foi empolgante, aumentando as expectativas em relação a equipe da zona oeste. No segundo compromisso do campeonato tinha pela frente o Galo Real, time que folgou na rodada de abertura. Mais um jogo que prometia no grupo da morte.

O jogo

O começo de jogo foi mais estudado. O Galo Real, com um time bastante jovem, surpreendeu a todos e procurou o ataque desde o começo. Mais cauteloso, o 2D aguentou a empolgação inicial dos garotos do Galo e, com o passar do tempo, equilibrou a partida e passou a frequentar mais o campo de ataque.

O primeiro lance mais perigoso da partida foi também o primeiro gol. Aos 23 minutos, Lucas dominou a bola na intermediária, driblou o marcador e arriscou de fora. Ela foi no cantinho direito de Maurício, que se esticou todo, tocou na bola, mas não conseguiu evitar o primeiro gol do Galo.

O gol pareceu despertar o 2D, que respondeu na sequência, aos 27 minutos. Saída rápida para o contra-ataque, Juninho serviu Weah, que bateu cruzado. A bola saiu raspando o poste direito de Pedro.

Mas o Galo Real estava inspirado e Lucas mortal. Aos 29 minutos, Kluivert (que não é aquele holandês) avançou pela esquerda, foi até o fundo e cruzou para trás. Lucas, na entrada da área, bateu de primeira, de esquerda, no contrapé de Maurício para ampliar o placar e fazer um surpreendente 2 a 0 para o Galo Real.

2D melhora, mas Galo Real segura o resultado

Com a vantagem no placar, o Galo Real voltou mais recuado, dando campo para o 2D ficar com a posse de bola. Já a equipe da zona oeste tentava achava espaços para penetrar na defesa do Galo. Como não achou, passou a arriscar chutes de média distância.

Aos 14 minutos, Rogérinho cobrou falta frontal na barreira, mas pegou o rebote e chutou de direita. A bola saiu por cima do travessão.

Com 16, Pelé recebeu na entrada da área e encheu o pé direito. Pedro caiu no canto direito e, com a ponta dos dedos, colocou a bola para escanteio.

Aos 19 foi a vez de Berg tentar. O zagueirão roubou a bola e arriscou de muito longe. Pedro saltou no canto esquerdo e espalmou a bola para escanteio, evitando o primeiro gol do 2D.

A resposta do Galo veio aos 23. Kluivert recebeu na esquerda, pedalou, cortou para a perna direita e bateu colocado. A bola beijou o travessão e saiu. Quase um golaço do Galo.

Aos 26, o Galo teve a sua chance na bola parada. Douglas cobrou falta da direita e tentou encobrir Maurício. A bola saiu rente ao travessão, levando bastante perigo.

Aos 30, outra vez Douglas, outra vez na bola parada. Dessa vez ele bateu por cima da barreira, ela beijou a trave esquerda de Maurício e se perdeu pela linha de fundo.

No minuto seguinte, o 2D criou ótima oportunidade. Pelé serviu Juninho, que invadiu a área e bateu de perna esquerda. A bola saiu raspando o poste direito de Pedro.

Na base da pressão, o 2D tentava a todo custo diminuir o placar. A última chance veio aos 33. Falta levantada na área, Juninho desviou e ela explodiu no travessão. Não era o dia do 2D

Ficha Técnica
Galo Real 2×0 2D
Data: 22/09/2018
Local: CDC Décio da Silva (Anhanguera)

2D: 01- Maurício, 02- Lucas, 03- Berg, 17- Fernando (03- Dega) e 06- Chulé (19-Ni); 08- Roni (18- Pelé), 05- Miltinho, 10- Rogérinho e 07- Rodriguinho; 09- Weah (13- Guerreiro) e 11- Juninho. Téc: Felipe.

Galo Real: 01- Pedro, 03- Allan, 04- Denis, 22- Gilmar e 16- Douglas; 17- Vitinho, 09- Leó, 10- Lucas (20- Paraíba) e 05- Pedro (14- Jefferson); 02- Glauber e 11- Kluivert (08- Charles). Téc: Robertinho.

 

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather