Em jogo de seis gols, Pery Novo e SAAD empatam na 3ª Copa Nacional de Veteranos

Por Diego Cunha

O jogo

Um fato curioso (incomum, mas recorrente no futebol de várzea) aconteceu no Campo do Nacional: a equipe do SAAD entrou com apenas 10 jogadores. Sim, eles começaram o jogo com um jogador a menos.

Se aproveitando da superioridade numérica, o Pery procurou o ataque desde o começo.

Foto: Diego Cunha

Mesmo com um a menos, o SAAD abriu o placar. Uma falta de quase do meio campo. Nenê ajeitou a bola e jogou na área. A bola passou por cima do goleirão e morreu no fundo das redes. Se ele quis fazer o gol ou não, não sabemos. Tudo igual no campo do Nacional.

Aos 10 minutos, o Pery chegou ao empate. Claudinho bateu o escanteio da esquerda no segundo pau, Nilsinho subiu, ganhou do zagueiro e resvalou na bola. Xuxa estava esperto no lance e, sozinho, chutou no canto direito do goleiro. Tudo igual no Campo do Nacional.

O SAAD, que estava com um jogador a menos, só se defendia, para o problema não ser pior. Quando finalmente ficou com 11 jogadores, ele acabou se machucando e a equipe permaneceu por quase 20 minutos com desfalque numérico.

O primeiro tempo foi pouco movimentado, muita disputa física no meio de campo e poucos lances de encher os olhos do público que acompanhava a partida.

Na bacia das almas o zagueiro decide para o Pery Novo

Diferente do primeiro tempo, o segundo foi muito movimentado. Logo aos cinco minutos, Nenê (de falta) colocou o SAAD novamente à frente do placar. O camisa 5 contou com falha do goleiro, que aceitou um chute fraco, que ainda passou pelo meio da barreira.

Aos nove minutos, o Pery chegou ao empate Claudinho cobrou o escanteio e a zaga acabou afastando. Paulinho, na entrada da área, ficou com o rebote e acabou chutando de trivela, a bola seria fácil (teoricamente), mas o goleiro foi querer fazer pose e acabou espalmando a bola para dentro do gol.

Foto: Diego Cunha

O SAAD não se abalou e continuou procurando o gol da vitória. E ele veio aos 20 minutos. Xonas cobrou o escanteio no primeiro pau e Du desviou levemente. A bola entrou no canto esquerdo do goleiro, deixando tudo igual novamente.

Os últimos 15 minutos de jogos foram bastante disputados, com chances perdidas para cada lado. Só que ao apagar das luzes, o goleiro do SAAD falhou mais uma vez. Claudinho (cobrou escanteio novamente), o goleiro foi sair socando a bola, mas acabou errando o tempo da bola. A bola ficou pingando para Marquinhos, que encheu o pé, a bola ainda bateu no zagueiro do SAAD antes de entrar para o gol e definiu o resultado da partida.

Ficha Técnica

Pery Novo 3×3 SAAD
Local: Nacional Caieiras
Data: 15/04/2018

Pery Novo: 1- Biquinha, 2- Guinho, 3- Paulinho, 4- Marquinhos, 5- Sinval, 14- Nilsinho, 7- Binha Pery, 8- Cunhado (18- Fabiano) 9- Xuxa, 10- Claudinho, 11- Binha Treinador: Carlão.

SAAD: 1- Jonathas, 4- Elson, 8- Bicudão, 5- Nenê, 15- Luiz, 10- Xonas, 14- Du, 9- Alemão, 7- Carlinhos, 20- Gijo (16- Fusca). Treinador: Baé.

Árbitro: Fabio Florindo
Assistente 1: Donizete
Assistente 2: Suely
Mesário: Daniele

Voltar ao Topo