google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Botafogo de Suzano elimina o X do Morro na Copa Negritude 2017

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Alvinegro segura as pontas no segundo tempo e garante a classificação

Por Lucas Ribeiro

Era um confronto da zona leste. Botafogo, de Suzano, tinha pela frente o X do Morro, de A.E Carvalho. Dois times, uma vaga. Campeão da primeira divisão de Suzano, o Botafogo vinha confiante em conquistar um resultado positivo. Já o X, queria carimbar a faixa do campeão de Suzano.

O jogo

O jogo começou movimentado, com as duas equipes procurando o gol. O primeiro lance de perigo veio logo aos cinco minutos de jogo. Em falta levantada na área, Du Bala surgiu no meio da zaga, mas o cabeceio acabou saindo à esquerda do gol de Magrão.

A resposta do X não demorou para vir. Aos sete, uma bola mal afastada pelo goleiro Jhonny, acabou sobrando para Muller. O lateral direito encheu o pé direito, mas Jhonny se recuperou e fez boa defesa.

Aos 10 minutos, o X do Morro teve a sua melhor chance. Um contra-ataque bem armado, puxado por Douglas. O camisa 10 do X serviu Jackson, mas Digão acabou interceptando o passe. Mas o camisa 7 do Botafogo cochilou e Jackson tomou a bola dele, ficou cara a cara com Jhonny, bateu cruzado, mas o chute saiu sem muita força, facilitando a vida do goleiro.

E aquele velho ditado: “Quem não faz…”. 11 minutos de jogo, uma bola espirrada, acabou sobrando para Sérgio dentro da grande área. O camisa 11 dominou e fuzilou de perna esquerda, abrindo o placar. A equipe do X do Morro reclamou muito de impedimento no lance.

Com a vantagem no placar, o Botafogo passou a adotar uma postura mais cautelosa. Sem ter outra alternativa, o X do Morro passou a frequentar mais o campo de ataque, mantendo maior posse de bola.

Aos 17, o X quase conseguiu o empate. Escanteio cobrado da direita, Fábio subiu mais que todo mundo e cabeceou à esquerda do gol de Jhonny, com perigo.

Aos 23, o Botafogo foi nas redes. Pinguim cobrou escanteio para trás, Diego levantou na área e Biro cabeceou para o fundo do gol, mas o assistente ergueu a bandeira, marcando impedimento do zagueiro alvinegro.

O último lance de perigo da última foi uma (quase) lambança do goleiro Jhonny. A bol foi recuada para o arqueiro alvinegro, que tentou sair jogando, mas Jackson interceptou o passe. Para alívio de Jhonny, a bola voltou para as suas mãos, evitando um mal maior.

Botafogo se segura e garante a classificação

O segundo tempo foi abaixo do que foi apresentado na primeira etapa. O Botafogo voltou ainda mais recuado, abrindo mão da posse de bola. O X tinha a bola no pé, mas faltava articulação ao time de A.E Carvalho, que não conseguia furar o bloqueio botafoguense.

O jogo se desenhava um ataque contra defesa, mas sem nenhuma emoção. O X tentava de todas as formas, mas não encontrava uma brecha. Experiente, o Botafogo se fechava. Pecava por não ter um desenho que indicasse um contra-ataque puxado em algum momento.

O tempo ia passando e o X do Morro ia cansando, facilitando a vida do Botafogo.

O primeiro lance de perigo da etapa complementar veio apenas aos 22 minutos. O Botafogo puxou um contra-ataque (único) pela esquerda e inverteu o jogo, até ela chegar a Diego. O lateral direito dominou e bateu firme, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

Sem conseguir espaços, faltou ao X do Morro arriscar mais de fora da área. A primeira tentativa foi aos 30. Rogério recebeu na entrada da área, arriscou, mas o chute saiu no meio do gol e Jhonny fez a defesa.

Aos 33, Muller cobrou falta da esquerda, a bola quicou no gramado, passou por toda a grande área e se perdeu pela linha de fundo.

Aos 35, o X tentou a sua última cartada. Jogada feita pela esquerda e a bola foi rolada para Misael. O camisa 14 arriscou de fora da área, mas a bola subiu e saiu por cima do travessão, dando números finais ao jogo.

Ficha Técnica
Botafogo/Suzano 1×0 X do Morro
Local: 
Campo do Alvorada
Data: 14/10/2017

Botafogo: 1- Jhonny, 2- Diego, 4- Fabiano, 23- Biro e 6- Henrique; 5- Zoio, 7- Digão, 10- Pinguim (21- Leandrinho) e 8- Pezão (17- Cardoso); 11- Sérgio (20-Dao) e 9- Du Bala (22- Dudu). Téc: Daniel.

X do Morro: 1- Magrão, 2- Muller, 13- Fábio, 3- Jhonatan e 6 Nego (14- Misael); 20- Tiago, 5- Diego (8- Igor), 7- Rogério e 17- Jackson Araújo; 10- Douglas e 11- Jackson. Téc: Viola.

 

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather