google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Várzea ganha a sua primeira Mega Store

Uniex inaugura loja de 340m² no Brás para poder atender os clientes da “bola veia”

Por Lucas Ribeiro

 

Quem pensa em inovação, modernidade e ousadia em uniformes de futebol na várzea hoje, lembra da Uniex. A empresa do Brás, criada em 2011 por Renato Bezerra, conseguiu criar um conceito novo em uniformes esportivos em São Paulo. Com design arrojado, diferentes modelos e aliar qualidade com a vontade do cliente, consolidaram a empresa no mercado. “A Uniex quis fazer diferente. Existia um padrão nos uniformes de futebol na várzea e eu me propus a fazer algo diferente. Quando os clientes entenderam que eles podiam manter as raízes tradicionais e aliar isto com desenhos mais modernos, tudo num único uniforme, a Uniex decolou no mercado”, diz Renato Bezerra, fundador da Uniex.

A Uniex inaugurou na noite desta quinta feira a primeira Mega Store voltada para a várzea. “É um espaço de 340m² para atender a demanda que temos atualmente. Estamos aumentando em 50% o quadro de funcionários para um atendimento melhor para a várzea, porque a várzea merece. Se a Uniex é o que é hoje, é em função da várzea e temos a obrigação de devolver para a várzea, tudo aquilo que ela nos proporcionou”, comenta Renato. “Cada time, cada organizador de campeonato, ligas nos ajudaram a crescer, seremos eternamente gratos. E não posso esquecer dos funcionários que aqui estão e por aqui passaram. Desde a tia da limpeza, até o gerente. Todos tem o seu mérito, a sua história e a gratidão da Uniex”.

Foto: Lucas Ribeiro/FCS

O começo de tudo: Água Santa

Junto com o futebol amador, a Uniex se aventurou pela primeira vez no mundo profissional, ao fechar uma parceria com o Água Santa (equipe da série A-2 do Campeonato Paulista). Recém profissionalizado (o Netuno também veio da várzea), o time de Diadema encontrou na Uniex um parceiro para o projeto ousado de chegar até a Série A-1. “É impossível falar da trajetória da Uniex e não citar o Água Santa, que nos deu projeção a nível municipal. O Netuno, por ter vindo da várzea, por ter ganho tudo na várzea, era muito admirado por estes times. Quando jogou a Série B-1 (quarta divisão) com uniforme Uniex, outras equipes vieram nos procurar e passamos a ser mais conhecidos. Felizmente, fizemos parte de todos os acessos do Água Santa em 2013, 14 e 15”, conta Renato.

Por causa deste episódio, a camisa do Água Santa continua exposta na loja do Brás, por gratidão à toda história construída juntos. “Mesmo não existindo mais nenhuma parceria entre nós, existe a amizade, o respeito e a gratidão por toda a caminhada que tivemos juntos. A camisa sempre estará em exposição da Uniex”, revela Renato.

Camisa do Botafogo de Guaianases em destaque na nova Mega Store (foto: Lucas Ribeiro/FCS)

Lobão da leste e a virada na várzea

Com o sucesso do Água Santa em 2013, a Uniex despertou o interesse de uma das principais equipes do futebol de várzea de São Paulo: Ajax, da Vila Rica. Então atual campeão da Copa Kaiser, com direito a recorde no Estádio do Pacaembu, quando mais de 22 mil pessoas acompanharam a final contra o G.R Turma do Baffô.

“Tudo começou ainda em 2012, pouco depois do título do Ajax. Um rapaz que mora na Vila Rica, Leandro, me falou sobre uma empresa que fazia uniformes esportivos e tinha alguns modelos interessantes. Eu mandei uma camisa do Ajax para ele ver o modelo e produzir algo em cima disto. Ele fez, eu gostei e fui conhecer a loja. Ele fez algumas amostras, levei para a Diretoria do Ajax, eles aprovaram o material, design, preço, e assim o Ajax da Vila Rica usou Uniex em 2013, estreando o uniforme no primeiro jogo da Copa Kaiser de 2013, na Arena Kaiser, diante do Rocinha”, conta Marcelo Tomaz, o Marcelinho, diretor do Ajax na época.

Questionado sobre o aparecimento do Ajax, Renato fala com carinho de Marcelinho. “Existem três pessoas que eu sou muito grato: Marcelinho, Sérgio e Kiko. O Marcelinho foi o primeiro a vir me procurar para fazer uniforme, através dele que a Uniex se firmou na várzea de São Paulo. Depois do Marcelinho, vieram Sérgio e Kiko, que contribuiriam demais para o nosso crescimento”, detalha Renato.

Na esteira do Ajax, vieram Classe A, da Barra Funda e Pioneer, da Vila Guacuri. Desta maneira, a Uniex estava vestindo os últimos três campeões da Copa Kaiser até então. Renato decidiu então utilizar uma ferramenta que até então era pouco explorada no cenário varzeano: as redes sociais.

“Viemos parar na Uniex por conta de um descontamento com o fornecedor anterior, onde ficamos por 17 anos. Nisto, pedi para um dos diretores procurar por um novo fornecedor. Nisto, a Uniex já estava com o Água Santa. Como o Netuno é um parceiro antigo nosso, acabamos por contatar a Uniex, as conversas deram certo e fechamos  a parceria, que dura desde 2013”, nos revela Sérgio, presidente de honra do Pioneer.

Camisas em destaque na nova Mega Store (foto: Lucas Ribeiro/FCS)

Redes sociais e o crescimento Uniex

O uso das redes sociais bombou  o trabalho da Uniex, que conseguiu divulgar a sua marca de forma mais rápida e direta com o cliente. Este trabalho trouxe muitos resultados, mas também criou alguns problemas para a empresa. “O uso das redes sociais nos ajudou bastante a crescer. Ao mesmo tempo em que a gente crescia, encontramos alguma resistência, pois descobrimos que muitas equipes eram fieis as marcas que elas vestiam e viam o novo com desconfiança. Mas com um trabalho sério, planejado, de longo prazo, conseguimos quebrar este paradigma e encerrar qualquer tipo de polêmica que surgiu na ocasião”, revela Renato.

O crescimento foi tão grande que a empresa passou a vestir algumas equipes profissionais: Atleético de Cajazeiras – PB,Ferroviária – CE, Paranavaí – PR, Imbituba – SC, Comercial – SP, CATS – SP.

Vampeta, Audax, final do campeonato paulista…

Segundo Renato, existe um marco que divide a Uniex: antes e depois da final do campeonato paulista de 2016. “Patrocinar o Audax, time sensação do campeonato, que havia acabado de eliminar o Corinthians em plena Arena Corinthians e tinha o Santos pela frente, foi a maior sacada da Uniex até então”.

Quando teve a oportunidade, a Uniex não pensou duas vezes e foi atrás de Vampeta, um amigo pessoal de Renato. “Eu ofereci para ele o que nenhuma outra empresa havia oferecido. Eu sabia que era uma oportunidade que não poderia perder”.

Camisas em destaque na nova Mega Store (foto: Lucas Ribeiro/FCS)

A exposição de 180 minutos na principal emissora do país, com todos as atenções voltadas para aquela final fez com que a Uniex fosse apresentada para o cenário esportivo paulista. “Quem não acompanha a várzea, mas gosta de futebol, ficou conhecendo a Uniex ali”, afirma Renato.

O sucesso na final do campeonato paulista levou a Uniex a outra cartada ousada: fornecer material esportivo para a Portuguesa. A parceria durou um ano e o saldo foi positivo. “A Portuguesa nos permitiu provar que temos condições de atender os clubes profissionais com qualidade. Fazer parte de um clube como a Portuguesa foi sensacional, uma honra. Agora vamos procurar outros clubes para seguir a nossa história”, finaliza Renato.

Uniex Bresser
Rua Bresser, 173Brás – SP
Tel:  (11) 3938-6439