google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Nos pênaltis, Brasília vence o Levanta Poeira e vai às semifinais da Copa Capela do Socorro

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Em duelo equilibrado pelas quartas de final, equipe do Jardim São Luís precisou dos pênaltis para conseguir vaga na semifinal. Duelo será contra o Santa Emília, que bateu o Jardim Regina no outro duelo das quartas de final. Jogo acontece no próximo domingo (5), às 14h, no CDC Décio da Silva (Anhanguera).

O jogo

Era um domingo chuvoso. São Pedro não estava para brincadeira e soltou uma tempestade sobre o CDC Décio da Silva. Embora o excesso de água, o gramado suportava muito bem, com o gramado sem formar poças d’água.

Quem também mostrou que não estava para brincadeira foi o Brasília, que abriu o placar logo ao um minuto. Cruzamento  veio da esquerda, Gustavo subiu e cabeceou  firme, sem chances para Val. 1 a 0.

Brasília F.C

Mesmo com o gol, o time do Brasília adiantou a marcação, criando muitas dificuldades para o Levanta conseguir sair jogando.

Aos 8 minutos, Rogerinho puxou a jogada pelo meio, enfiou a  bola na esquerda para Everton, que bateu firme, mas a bola saiu à direita do gol.

O Levanta continuava com dificuldades em sair jogando, mantendo a bola em seu campo de defesa. O Brasília pressionava e numa dessas, a bola sobrou na entrada da área  para Ivan bater, com perigo, mas a bola saiu à esquerda do gol de Val.

Numno contra-ataque  rápido, o Levanta conseguiu levar perigo pela primeira vez.  Gil recebeu a bola na entrada da área pela esquerda, e chutou para o gol, mas Celso, bem posicionado, fez a defesa sem maiores dificuldades.

O técnico do Levanta Poeira não parava de gritar com seu time, pedindo para que eles adiantassem a marcação.

Após um lançamento na direita, a zaga do Brasília afastou mal e ela sobrou na entrada da área  para Israel. Ele bateu forte, mas ela saiu por sobre o gol.

O jogo fica pegado, um clima tenso dentro de campo entre os jogadores.

O time do Brasília segue no ataque, Gustavo recebeu na esquerda e  cruzou rasteiro para o Max, que chutou em cima do goleiro, perdendo boa chance de ampliar o placar.

No final do primeiro tempo o Brasília  começou a recuar, dando mais espaço para o Levanta Poeira trabalhar a bola. Mesmo com mais posse de bola, a equipe do Taboão não conseguiu criar nenhuma jogada efetiva de ataque e o primeiro tempo acabou com a vantagem do Brasília no placar.

Levanta Poeira empata e leva para os pênaltis

No começo do segundo tempo, uma falta na meia direita para Levanta Poeira levava perigo. Igor levantou na área, porém Israel acabou furando.

Ao contrário do primeiro tempo, o Levanta Poeira conseguia manter mais a posse de bola, deixando de sofrer perigos constantes do ataque do Brasília, que por sua vez, parecia apresentar um certo cansaço, por isso que diminuiu a pressão na marcação.

ADC Levanta Poeira 9

Aos 4 minutos, escanteio para o Levanta Poeira e o camisa 4 cabeceou para fora, assustando o goleiro Celso.

O Levanta acordou para o jogo, tem mais a posse de bola e adiantou a marcação.

No contra-ataque o time do Brasília avançou pela direta, Max tabelou com Ivan, driblou o goleiro, mas não conseguiu chegar na bola e ela saiu pela linha de fundo.

Jogo muito trucado, pegado, com  bastantes faltas e a chuva não deu trégua até agora.

20 minutos do segundo tempo e o jogo não sai do meio de campo.

Cobrança de um lateral pela direita, direto na área. Lucas Prates deu uma bicicleta sem roda,  que passou por cima de Celso e parou no fundo das redes, empatando o jogo. 1 a 1, aos 25 minutos do segundo tempo.

O gol fez o Levanta crescer no jogo.

Val fez duas lindas defesas, após chute cruzado de Cléber.

Aos 31 minutos da segunda etapa, um cruzamento pela esquerda e Max cabeceou firme. Val, novamente, salvou o time do Taboão, levando a partida para os pênaltis.

 

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather