google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Levanta Poeira vence o Phantomas pela Copa Capela do Socorro

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Por Leandro Olovics

Antes do jogo ter controle por um dos times, Negão, camisa 23 do Levanta, fez jogada individual pela esquerda, enganou o goleiro fazendo ele pensar que ia tocar a bola, e mandou no contrapé. O time de Taboão abriu o placar quando a garoa começou a cair no CDC Anhanguera.

Com 15 jogados, os dois times eram perigosos no ataque. Aos 20, bola enfiada pelo meio para a esquerda, e chute de Aragão para a bela defesa de Paulo, goleiro do Phantomas. O time do Jardim Guaembú também chegava bastante na frente, apostando em jogadas aéreas.

Foto: Leandro Olovics

Dois minutos depois, na entrada da área do Levanta, o camisa 10 do Phantomas enfiou um forte chute rente ao gramado que o goleiro Val foi buscar.

Aos 30, o ritmo do jogo era ótimo, mas os dois times não conseguiam finalizar. Os dois atacavam e contra-atacavam, mas não eram efetivos no ataque. Mas, as defesas também estavam trabalhando muito bem, consistentes e pegando forte.

No último minuto antes do fim do intervalo, Negão fez o segundo dele, e o segundo do Levanta. Ele cobrou falta rasteira e a redonda passou por baixo de todo mundo e só parou no gol. 2×0 e intervalo.

Sobra chuva e falta bola

O segundo tempo foi complicado pra todo mundo. Pra mesa e pro repórter, que sofreram pra ver o que acontecia sob muita chuva. Complicado para a equipe de arbitragem, que tiveram que trabalhar debaixo d’água. E infinitas vezes mais complicado para os jogadores, que jogaram e deram tudo com a forte chuva que caia em Santo Amaro. E o jogo todo correu com somente uma bola, que um dos times levou.

 

Aos 10, Valdenilson entrou sozinho pelo meio, cara a cara com o goleiro, mas foi prensado. Paulo foi muito aguerrido e defendeu bonito. Aos 18, jogo pausado por falta de bola. O céu fechou muito rápido e o CDC Anhanguera ficou muito escuro.

O jogo recomeçou aos 21, mas aos 36 a chuva apertou de novo. E a emoção mesmo ficou para os cinco minutos finais de acréscimo. Com 36, Zoio marcou de carrinho após pegar a sobra pela direita.

E aos 40, o Phantomas fez o de honra. Hackson saiu pelo meio, mandou um bonito chute colocado e marcou um golaço. Fim de jogo no Anhanguera.

Ficha técnica
Levanta Poeira 3×1 Phantomas
Local: CDC Anhanguera, Santo Amaro, São Paulo

Phantomas (Jardim Guaembú)

9 – Jackson, 11 – Alexandre, 10 – Hackson, 20 – Valdenilson, 19 – Paulo Pardini, 1 – Paulo, 15 – Bolado, 3 – Pedro, 4 – Renan, 8 – Sé, 17 – Jefferson, 14 – Esmeraldo, 13 – Jefferson, 18 – Gabriel, 5 – Douglas, 6 – Carlos. Técnico: Felipe. Assistente: Gustavo.

Levanta Poeira (Taboão da Serra)

13 – Zoio, 7 – Beiço, 6 – Aragão, 3 – Alexson, 10 – Igor, 2 – Gideoni, 23 – Negão, 20 – Felipe, 1 – Val, 4 – Rodrigo, 5 – Garrincha, 17 – Vitor.
Técnico:
Paulo. Assistente: Novinho.

 

Árbitro: Sandro
Assistente 1: Thiago
Assistente 2: Erick
Mesário: Jorge

 

 

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather