De virada, Levanta Poeira bate o São Lourenço e avança na Capela do Socorro

No duelo eliminatório da segunda fase, time de Taboão da Serra faz um segundo tempo quase perfeito e conquista a vaga nas oitavas de final da 28ª Copa Capela do Socorro

Por Lucas Ribeiro

O sábado era chuvoso no CDC Décio da Silva. A torcida não se atrevia a sair da cobertura do bar e o repórter não ousava sair do banco de reserva dos árbitros. O aquecimento das duas equipes era bem preguiçoso, com direito a alguns jogadores das equipes não se aventurando no gramado, ficando na segurança dos bancos de reservas.

O jogo

Mas quando o árbitro apitou o início da partida, as duas equipes abandonaram a preguiça e fizeram uma partida muito movimentada. Logo no primeiro minuto de jogo, o São Lourenço quase abriu o placar. Alexandre cobrou falta da esquerda para a grande área, a zaga não conseguiu cortar e a bola ficou viva. No bate e rebate, a zaga do Levanta Poeira conseguiu tirar o perigo e evitar o primeiro gol da partida.

 

_dsc1198
Foto: Lucas Ribeiro

Aos três, o Levanta respondeu. Um chutão para a frente e a zaga do São Lourenço falhou, Joel aproveitou e bateu de pé direito da entrada da área, mas Anderson fez boa defesa.

A partida então começou a ficar mais concentrada no meio campo, com o Levanta Poeira tendo mais a posse da bola, mas sem conseguir criar jogadas ofensivas. Já o São Lourenço marcava firme e esperava por uma oportunidade de contra-ataque para tentar abrir o placar.

Com 15 minutos da primeira etapa, Gideone recebeu na intermediária, ajeitou para a perna direita e bateu firme. A bola quicou no gramado molhado, ganhou velocidade e saiu à  direita do gol de Anderson, que estava batido no lance.

Se estava complicado criar jogadas ofensivas com a bola rolando, o jeito foi explorar a bola parada. Aos 21, Alexandre cobrou escanteio da direita na cabeça de Cayo, que testou firme, no canto direito de Francisco, abrindo o placar para o São Lourenço.

O São Lourenço seguiu marcando firme e anulando o sistema ofensivo do Levanta. Se a bola parada funcionou para o São Lourenço, o Levanta tentou a mesma coisa.

Aos 31, Gideone cobrou falta lateral esquerda por cima da barreira, direto para o gol. A bola tinha endereço certo no ângulo direito, mas Anderson se esticou todo e espalmou a bola para escanteio, fazendo uma linda defesa e evitando o empate.

São Lourenço amplia

Logo no primeiro minuto da etapa inicial, o São Lourenço chegou ao segundo gol. Anderson bateu da entrada da área, forte, alto no canto esquerdo, sem chances para Francisco. 2 a 0.

Show e Hattrick de Israel

O gol pareceu acordar Israel, centroavante do Levanta Poeira, que fazia partida discreta até então. Aos quatro minutos, o São Lourenço saiu jogando errado e Igor aproveitou, avançou pelo meio e deixou Israel na cara do gol. Ele bateu cruzado na saída do goleiro para diminuir. 2 a 1.

O gol não mudou o panorama da partida, que seguia com o São Lourenço marcando firme e o Levanta com muitas dificuldade de chegar ao gol de Anderson. Nem mesmo a chuva e o campo encharcado, motivava o time do Taboão a arriscar mais chutes de longa distância.

Quando arriscou de fora, o Levanta achou o empate. Aos 18 minutos, Israel recebeu na intermediária, levou para  a perna esquerda e soltou a bomba. A bola entrou no cantinho direito de Anderson, que tentou fazer a defesa, mas não evitou o empate. 2 a 2.

_dsc1195
Foto: Lucas Ribeiro

O empate inflamou o time do Taboão, que foi para o abafa. Três minutos mais tarde, veio a virada. Joel cruzou da direita, Anderson saiu inteiro na bola, mas caçou borboleta e ela sobrou para Igor. Ele foi no fundo e tocou para trás e quem estava lá? Sim, Israel, livre no meio da área só escorou para marcar o seu terceiro no jogo, o terceiro do Levanta Poeira e a virada no placar. 3 a 2.

O gol derrubou o São Lourenço, que não mostrou poder de reação. A equipe ainda tentou se jogar ao ataque, mas tinha dificuldades de articulação. Pior, a nova postura deixou vários espaços na defesa. Todo contra-ataque do Levanta levava perigo, embora o time do Taboão finalizasse mal.

Mas o golpe de misericórdia veio aos 31 minutos. Contra-ataque mortal do time do Taboão. Joel recebeu no meio, carregou e lançou Rodrigo na esquerda. O camisa 13 invadiu a área e bateu cruzado, vencendo o goleiro Rafael (que entrara no lugar de Anderson), carimbando a vaga para as oitavas de final.

Ficha Técnica
Levanta Poeira 4×2 São Lourenço
Data: 03/12/2016
Local: CDC Décio da Silva

Levanta Poeira: 15 – Francisco, 3 – Rodrigo, 4 – Alex, 6 – Thiago, 2 – Gideone, 5 – Jessé, 10 – Igor, 7 Vinicius, 20 – Ivo (13 – Rodrigo), 23 – Israel e 25 – Joel (26- Vítor).

São Lourenço: 22 – Anderson (1- Rafael), 3 – Valdemir, 14 – Arthur (20- Rafael), 4 – Genivaldo, 5 – Thiago, 8 – Elton (19- Eduardo), 7  Anderson, 10 – Alexandre, 9 – Cayo (21 – Mateus), 11 – Neilo (17 – Ezequiel) e 12 – Rivaldeir.

 

Voltar ao Topo