Brasília goleia Batti Fácil e avança para a próxima fase da Copa do Busão

Apenas para cumprir tabela, o já classificado Batti Fácil entrou em campo com um time misto para enfrentar a forte equipe do Brasília. Quando o duelo estava 11 contra 11 o jogo era parelho. Porém, apos a expulsão de Rodnei , a história mudou e assim a equipe do Jardim São Luís conseguiu o necessário para conseguir a classificação.

Por Diego Cunha

15491759_941705439262340_2136154378_o
Foto: Diego Cunha

O jogo

No último domingo (11), Brasília e Batti Facil fizeram o jogo mais esperado da última rodada do grupo E. Jogando com a cabeça na outra fase, o time da Vila Nhocuné poupou titulares, enquanto o Brasília usou a força total, pois precisava da vitória.

A forte chuva que atingiu a região de Osasco interferiu no andamento da confronto. Porem, o Brasilia mostrava que estava determinado em sair de campo  com o resultado positivo. Entretanto, foi o Batti Facil que saiu na frente.

Aos 14 minutos, após cobrança de falta frontal, Rodnei acertou o ângulo esquerdo Fernando.Golaço!

Mas, logo em seguida o Brasília conseguiu igualar o placar. Aos 19′, após escanteio mal afastado pela zaga, Wellington de cabeça encontrou Gustavo com libertador, que finalizou de primeira para empatar o jogo.

No ultimo lance do primeiro, em um lance isolado, Rodnei perdeu a cabeça e agrediu o Rogerinho. O árbitro estava atento e expulsou o autour do 1 gol da partida. Essa atitude Prejudicou o Batti Facil, que jogava bem até então.

Vitinho muda o jogo e garante classificação do Brasília

Com um jogador a mais, o Brasília foi pra cima e colocou dois atacantes na volta do intervalo. Um deles foi Vitinho, essencial para a mudança do placar.

15555531_941705442595673_282959980_o
Foto: Diego Cunha

Aos 10′, o camisa 11 conduziou a bola em diagonal pela direita, tabelou com Seedorf, invadiu a área e acertou o ângulo. Outro bonito gol no Ninho da Coruja.

Com o placar favorável o time do Jardim São Luís administrava a posse de bola. Enquanto o Batti Fácil, também não fazia muita questão de ir atrás do placar e jogava tranquilamente.

No final ainda o Brasília conseguiu anotar mais dois tentos. Aos 32′, Vitinho em outra jogada individual pela esquerda, se livrou de dois marcadores e tocou pro meio da area para Rogerinho, que fez um corta luz e deixou Max na cara do gol. o camisa 18 chutou no contra pé do goleiro e fez o terceiro.

No minuto seguinte, Max foi esperto,  roubou a bola no campo de ataque, driblou dois marcadores antes de chutar na saída do goleiro do B.F e sacramentar a goleada do Brasília que assim conseguiu a classificação para a próxima fase.

Ficha Técnica:

Batti Facil 1 x 4 Brasília

Local: Toca da Coruja

Data: 11/12/2016

Batti Facil: 12- Felipe (1- Vagner), 2- Didi (4- Mizael), 3- Belem, 5- Muca, 16- Juninho, 7- Renato, 8- Fabinho, 17- Nenem, 10- Ronaldinho (11- Aurélio), 9- Magrão, 21- Rodnei Treinador: Leandro.

Brasília: 1- Fernando, 3- Rodrigo, 4- Jeremias, 5- Wellington, 2- Cleber (22- Everton), 6- Chulé, 20- Seedorf, 10- Rogerinho, 14- Rodriguinho (18- Max), 9- Gustavo (11- Vitinho), 8- Ivan (7- Douglas). Treinador: Robson.

Árbitro: Demetrios Pinto
Assistente 1: Sergio Cardoso
Assistente 2: Paulo de Souza
Representante: Sergio Ricardo

Voltar ao Topo