google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Renascente vence com facilidade o 100 Querer pela Copa da Paz de Veteranos

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Em um dos jogos com mais gols, o Renascente recebeu a equipe do 100 Querer e não tomou conhecimento do adversário.
O Renascente começou pressionando desde os primeiros minutos. A equipe do 100 Querer até tentou maneirar nas faltas, mas foi difícil conseguir segurar tanta pressão sem fazer.
Para pirar mais a, a equipe do Renascente tinham ótimos cobradores de falta. E Aos nove minutos, quase abriu o placar em cobrança de falta de Damião, mas o Camisa um adversário se estivou todo em uma linda ponte e mandou a bola pra escanteio.
Dessa vez, aos 22 minutos, quem foi pra cobrança foi o camisa 10. Henrique bateu com perfeição, o goleiro mais uma fez defesa espetacular, mas deu rebote, e Edmilson veio de trás e bateu forte, no alto, abrindo o placar para os mandantes.

Foto: Diego Luiz/FCS
Foto: Diego Luiz/FCS

Em resposta, Téo responde da mesma maneira, em cobrança de falta aos vinte em cinco, batendo por fora da barreira. Ágil, Gilson pulou e fez ótima defesa, segurando o placar. E ainda tiveram mais uma oportunidade imperdível no último minuto. Téo avançou pela direita e fez cruzamento aberto, a zaga não conseguiu tirar a bola. Vindo de trás, Gé, debaixo da trave, conseguiu perder um inacreditável, despertando raiva no técnico do lado de fora.
No intervalo, ficou faltando tempo para o técnico o 100 Querer conseguir arrumar o setor defensivo. Já o técnico do Renascente só pediu para manter do mesmo jeito, marcação e ataque sempre em cima do adversário, não deixar pensar em momento algum.

Dominante, Renascente faz mais três e garante os três pontos

Assim como na primeira etapa, o Renascente começou melhor, e gradativamente foi tomando conta do jogo.
A partir dos dez, a vantagem só aumentou. Juninho, que entrou no intervalo, apertou a marcação em cima de Naldinho, sem opções pra sair com a bola, chutou a bola pro meio da área, mas não contava com a chegada rápida de Fabinho, que veio de trás e bateu seco, forte, a bola passou entre as pernas do goleiro, que ainda não tinha caído, morrendo no fundo da rede.
Já na metade do jogo, Boca pegou um dos poucos momentos que a lateral ficou exposta e saiu em velocidade, chegando na entrada da área pela direita, cruzou rasteiro, a bola passou por todos, menos por Ge, dessa vez só escorou a bola pro fundo da rede.

Foto: Diego Luiz/FCS
Foto: Diego Luiz/FCS

Mas o Renascente não quis dar tempo para a comemoração dos adversários, e foi pra cima. Edson dominou a bola próxima a área, viu-se sem marcação alguma, mesmo com ótima chance de bater, prefere dar o gol para Marlon, que só tocou e aumentou o placar.
Já no finalzinho da, o Renascente já estava satisfeito com o resultado, mas continuou controlando o jogo buscando resultado. Juninho, avançou  pelo meio e deu ótimo passe para Edson, que se livrou da marcação e bateu forte, mas Oscar efetuou ótima defesa, mas deu rebote, e Marlon deu números finais para a partida.

Ficha Técnica

Renascente 4 x 1 100 Querer

Data: 31.07.2016 – 09h30
Local: Arena Palmeirinha

Renascente: 12 – Gilson, 2 – Ednilson, 3 – Fabio, 4 – Luciano (13 Fabinho), 5 – Claudio, 6 – Eduardo (18 – Wagnão), 7 – Nilton (11 – Edson), 8 – Aldemar (21 – Juninho), 9 – Damião (14 – Marlon), 10 – José Henrique, 26 – Moisés (27 – Ricardo).

100 Querer: 1 – Oscar, 2 – Léo, 3 – Paul, 4 – Neve, 5 – Naldo, 6 – Naldinho, 7 – Pascoal, 8 – Téo, 9 – Jorge, 10 – Boca, 11 – Gé. Técnico: Dalua.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather