google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Currião bate Morro do Piolho sem fazer muito esforço e avança para a semifinal na Copa da Paz de Veteranos

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Por Caio Henrique

Equipe do Paraisópolis abre vantagem ainda no primeiro tempo, administra na etapa final e consegue a classificação

Primeiro tempo

Nos primeiros dez minutos de partida o equilíbrio tomou conta das ações. Era uma partida de mata, quem perdesse estaria fora, então o estudo foi a principal arma das duas equipes para surpreender em um contra-ataque. Aos nove minutos, o Currião quase abriu um placar com Macedo que, vendo o goleiro adversário adiantado, arriscou do meio campo, mas a bola foi muito forte e saiu. O Morro do Piolho mostrou que estava na partida e já aos 10 minutos também chegou bem. Lulinha arriscou de fora da área e a bola passou perto, raspando a trave direita de Erivonaldo.

Após os primeiros minutos de estudo, a equipe do Currião se soltou e começou a melhorar na partida. A marcação adiantou, os passes eram com mais calma, procurando espaços para chegar com a bola dominada. Aos 13 minutos esse espaço foi achado e Bidula recebeu a bola de Piruquinha, mas na frente do arqueiro chutou fraco facilitando a defesa de Denis.

Foto: Caio Henrique/FCS
Foto: Caio Henrique/FCS

O jogo já caminhava para os minutos finais da primeira etapa até que Ricardo fez uma linda jogada individual para o Currião na direita. Aos 26 minutos, o atacante driblou o zagueiro em velocidade, conduziu e tocou para Macedo na entrada da área fazer o pivô. O centroavante conseguiu dominar, girou para seu pé direito e bateu forte no cantinho de Denis que nada pôde fazer. O placar estava aberto.

O Morro do Piolho por sua vez não se mostrou abalado e tentou igualar a partida, mas seus jogadores de meio campo não estavam em uma manhã boa. Os atacantes então saiam da área para buscar a bola e tentar uma finalização de longe, mas o sistema defensivo do Currião estava atento e não deixava passar nada. No último lance da primeira etapa, veio a ducha de água fria para o Morro. Após um cruzamento da direita de ataque, Severino pegou de primeira da meia lua e estufou as redes, ampliando o placar para o Currião. Assim terminou a primeira etapa.

Intervalo

Era claro o abatimento nos rostos dos atletas do Morro. A equipe estava tentando chegar na igualdade do placar e levou o segundo gol no finalzinho da primeira etapa. Isso fez com que a tranquilidade não fosse a mesma para a equipe. Já o Currião, com o placar a seu favor, deveria somente ser inteligente e administrar o placar. Foi o que aconteceu.

Etapa final sem sustos

Os últimos 35 minutos foi um jogo de xadrez. No começo o Morro do Piolho estava nervoso, o Currião não conseguiu aproveitar isso para marcar o terceiro gol. A equipe do Paraisópolis preferiu cadenciar a partida. Depois de 15 minutos, o Morro resolveu partir para o abafa, mas defensivamente o Currião ainda estava bem. Então coube ao Morro tentar manter a posse de bola e, com paciência, esperar um espaço para conseguir a infiltração. Esse espaço não apareceu.

Foto: Caio Henrique/FCS
Foto: Caio Henrique/FCS

O Currião somente administrou o placar construído ainda na primeira etapa, não criou nenhuma oportunidade para fazer o terceiro, e no final do jogo poupou seus jogadores já pensando na semifinal. A partida terminou com a vitória da equipe que jogava “em casa”. O Morro saiu triste, porém satisfeito com a bela campanha construída.

 

 

Ficha técnica

Currião 2×0 Morro do Piolho
Data: 21/08/2016
Local: Arena Palmeirinha, Paraisópolis

 

Currião: 1- Erivonaldo; 2- Hominho; 3- Severino; 4- Neguinho; 6- Chupinha; 14- Toninho; 5; Peruquinha; 13- Suarez; 7- Bidula; 11- Ricardo; 19- Macedo. Técnico: Adão

Morro do Piolho: 1- Denis; 2- Dibão; 4- Dega; 3- Mezenga; 6- Baiano; 8- Topete; 5- Lulinha; 7- Alberto; 10- Japa; 11- Bel; 9- Igor. Técnico: PC

 

Cartões Amarelos Currião: 3- Severino
Cartões Amarelos Morro do Piolho: 9- Igor; 2- Dibão

 

Árbitro: Rodrigo Salvador
Auxiliar 1: Carlos Eduardo
Auxiliar 2: Valter Santos
Representante: Dayane Tavares

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather