google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Em partida movimentada, Brasília elimina Unidos nos pênaltis e vai à semifinal

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Equipe do Jardim São Luiz abriu 2×0 e cedeu o empate nos minutos finais

Por Caio Brito

No último sábado(9), na Arena Paraisópolis, Brasília e Unidos iniciaram as quartas de finais da Copa da Paz(com quase uma hora de atraso). Apesar da atmosfera tranquila fora do campo, as equipes fizeram um duelo movimentado, de excelente nível técnico. Não havia como apontar um favorito para ficar com a vaga.

13613635_624154297760351_8509604659391938092_o
Foto: Luciana Leal

A primeira chance de perigo ilustra o que foi o confronto. Aos 10′, após boa troca de passes da equipe do Jardim Ester, Jiniclei recebeu com liberdade na entrada da área e arriscou. Fernando estava atento e mandou para escanteio o arremate do camisa 20. Após cobrança, o goleiro saiu bem e rapidamente acionou Vitinho no setor ofensivo. O atacante recebeu entre os zagueiros e  emendou de primeira. Porém, seu chute foi alto e se perdeu pela linha de fundo.

Sete minutos depois, o Brasília abriu o placar. Após lançamento de Chulé da esquerda,  Vitinho recebeu livre dentro da área e bateu de cruzado. Sem chances para o goleiro Claudemir.

Logo na sequência quase veio o segundo. Dessa vez, o lançamento foi de Rogerinho e encontrou Vitinho (sempre ele) com liberdade dentro da área novamente. Mas, nesse lance, Claudemir saiu bem do gol e abafou o arremate do camisa 11.

Aos 25, após cobrança de falta ensaiada da esquerda, João Paulo subiu mais que a zaga no 2° pau e escorou o cruzamento para o meio. Henrique, já na meia lua, arriscou de primeira e acertou  a trave.

Após esse lance, as chances de perigo diminuíram e as equipes foram para o intervalo com a vantagem mínima para equipe azul e amarela.

Segundo tempo eletrizante

A etapa final começou com ares de tranquilidade para equipe da zona sul. Logo com 2 minutos o Brasília ampliou a vantagem. Após tabela rápida pelo meio, Vitinho tocou de primeira para Bruninho que invadiu a área e só deslocou o goleiro. 2×0!

Não havia outra alternativa para os comandados do técnico Cícero. Era preciso partir para o ataque. Porém, apenas aos 11′ o Unidos assustou. Henrique arriscou de fora da área e quase diminuiu.

Até que aos 17′ a partida ficou emocionante. Após linda jogada individual pela esquerda, Daniel se livrou de dois marcadores, invadiu a área e bateu firme. Golaço! O que parecia sossegado, voltou a ser imprevisível.

13641216_624154024427045_6243428768156317940_o
Foto: Luciana Leal

Entretanto, o Brasília mostrava experiência e mantinha o jogo sob controle. Aos 23′, Rogerinho quase aumentou a vantagem em cobrança de falta. Claudemir fez boa defesa.

Mas, aos 27, o time da Zona Oeste conseguiu o empate. Após aproveitar rebote do escanteio pela direita, Agnaldo cruzou na medida para Renilson. O zagueiro que substituiu Ginei ainda no 1° tempo subiu mais que os adversário e igualou o confronto. Tudo igual no Paraisópolis novamente.

Para aumentar a tensão dos torcedores do Brasília, sua equipe terminou a partida com 10 jogadores. Faltando 5 minutos para termino do confronto, Ge (que entrou no 2° tempo) recebeu o 2° amarelo e foi expulso.

Contudo, a equipe do Brasília mostrou maturidade e levou a partida para as penalidades sem sofrer nenhum perigo. Veja como foram as cobranças abaixo:


Agora na semi final, a equipe do técnico Junior enfrenta o embalado do Batti Fácil, que no último jogo do dia eliminou a tradicional equipe do Pionner também nos pênaltis.

Ficha Técnica

Local: Arena Paraisópolis
Dia: 09/07/2016

Unidos: Claudemir; Agnaldo, Ginei(Renilson),Tiago(Jeferson); Jiniclei, Bruno(Rafael), Binho(Marcos), Daniel; Henrique e Marco(Guilherme) – Téc: Cícero

Brasília: Fernando; Santiago, Reginaldo, Rodrigo e Chulé; Alexandre, Henrique(Nilton), Rogerinho e Bruninho(Gê); Satiro e Vitinho – Téc: Junior

Arbitragem: Rodrigo Salvador
Aux1: Fábio Florindo
Aux2: Diego Rocha

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather