No último jogo de Thiago Felipe, Nove de Julho elimina Vida Loka da Copa Negritude

O que era para ser festa, virou tragédia. Vida Loka x Nove de Julho ficou marcado por ser o último jogo que o Presidente assistiu da sua equipe na beira do campo

Por André Martinelli

Em um clássico de dois vencedores da Copa Kaiser, Nove de Julho e Vida Loka se enfrentaram pela semifinal da Copa Negritude – Sede Norte. Jogando na casa do adversário, completamente lotada, o time da Casa Verde Alta levou a melhor sobre o time da Brasilândia, vencendo pelo placar mínimo. Com isso, o campeão da Copa Kaiser de 2014 segue vivo em busca do título da Copa Negritude 2015.

O jogo

O Nove de Julho, que tinha jogado na Super Copa Pioneer algumas horas antes, começou a partida tomando uma certa pressão do Vida Loka. Logo no primeiro minuto, Luquinhas fez jogada pela direita e tocou para Dodô no meio. Próximo a área, o camisa 10 do Vida Loka bateu no canto direito. Vitor, goleiro do Nove, se esticou todo e espalmou para escanteio.

O time da Brasilândia continuou no ataque até os 10 minutos, mas a zaga do Nove conseguiu se sobressair. Depois disso, o time da Casa Verde Alta começou a sair para o ataque em busca do gol, e o jogo ficou equilibrado.

Foto: André Martinelli/FCS
Foto: André Martinelli/FCS

Aos 16 minutos, Willian bateu falta próximo da área e mandou no meio do gol defendido por Maurício, que agarrou firme, sem levar susto à torcida.

Aos 28 minutos, o Vida Loka quase marcou um golaço de falta. Dodô cobrou da intermediária e a bola passou rasando o travessão, saindo com muito perigo.

A última chance da primeira etapa foi do Nove de Julho. Duílio tabelou com Caio na direita e recebeu de volta. Ele entrou na área e bateu cruzado, forte, mas a bola foi por cima da meta.

Nove faz gol no começo e resiste à pressão

O segundo tempo começou e, ao contrário do primeiro, foi o Nove de Julho que foi ao ataque. Aos 2 minutos, Diego cobrou falta da esquerda e acertou o travessão. Na continuação do lance, Caio ficou com a bola na direita e cruzou na cabeça de Tiago, sem marcação. Ele subiu alto e cabeceou forte para os fundos da rede.

Um minuto depois do gol, Tiago recebeu perto da área e arriscou. A bola foi rasteira e acertou a trave direita do goleiro Maurício. No rebote, Caio isolou e mandou por cima.

O Vida Loka tentava ficar mais com a bola no ataque. Porém, a zaga do time da Casa Verde se defendia bem e não sofria grandes sustos.

Aos 19 minutos, o Vida Loka teve ótima chance em cobrança de falta da intermediária. Dodô, sempre batendo muito bem na bola, dessa vez isolou e mandou muito longe do gol.

Foto: André Martinelli/FCS
Foto: André Martinelli/FCS

Em cobrança de escanteio aos 28 minutos, o time da Brasilândia quase marcou. Após o tiro de canto ser cobrado da esquerda, a bola ficou viva na área, em um pequeno bate-rebate. Mas a zaga do Nove conseguiu mandar o perigo para longe.

Dois minutos depois foi a vez do Nove assustar. Dubê cruzou da direita, a bola passou por todo mundo e Fernando quase mandou a bola para o gol, mas ela passou com muito perigo pela direita.

Indo para o tudo ou nada e sendo empurrado pela torcida, o Vida Loka ficou desorganizado na defesa e quase levou o segundo em duas oportunidades. Duílio tabelou com Tiago e recebeu pelo lado direito da área. Ele tentou dar um toque por cima do goleiro e mandou por cima do gol.

A última chance do jogo foi novamente do Nove de Julho, e foi incrível. Aos 35 minutos, Romerito puxou mais um contra-ataque. Ele ganhou do zagueiro e tinha duas opções de passe pelo lado, um na esquerda e outro na direita. Ele foi sozinho e deu uma cavadinha por cima do goleiro, que fez uma linda defesa. Na sobra, Eduardo, na direita, bateu e  o goleiro fez mais uma linda defesa.

O Vida Loka ainda tentou chegar ao gol adversário na base da ligação direto, porém, a zaga do Nove levou a melhor e não permitiu o empate.

Tragédia horas após o jogo

Já queremos deixar BEM CLARO QUE NÃO HÁ INDÍCIOS DE ENVOLVIMENTO DA EQUIPE DO VIDA LOKA COM O ACONTECIMENTO. Horas após o fim da partida entre Vida Loka e Nove de Julho, o presidente do Pit Bull da Casa Verde Alta foi assassinado, por volta as 20h, segundo informações do Portal DoLadoDeCá. O crime aconteceu no cruzamento da Avenida João Paulo I com a Av Itaberaba. Pitu levou três tiros, segundo testemunhas que foram até o local, sendo atingido na cabeça, braço e tórax.

Ainda segundo as testemunhas, as duas crianças que estavam no veículo eram filhos de Ederson Araújo, treinador da equipe*.

Thiago Felipe foi enterrado no cemitério Cachoeirinha na manhã de segunda feira, após ser velado na sede do Nove de Julho, na Casa Verde, durante toda a madrugada. Nós, do FCS, pedimos desculpas por não conseguir comparecer ao local e deixamos os nossos sentimentos à toda família Nove de Julho, que sempre colaborou com o nosso trabalho.

*Conforme informações de pessoas que estiveram presentes no local após o crime, corrigindo as informações postadas antes, que diziam que eram os filhos de Thiago Felipe que estavam no veículo.

Ficha Técnica:

Vida Loka 0x1 Nove de Julho

Local: C.E. Oswaldo Brandão
Data: 27/02/201

Vida Loka: 1- Maurício, 19- Pará, 3- Giovani, 2- Fá, 6- Jé, 5- Peu (17- Jonhy), 4- Buda (13- Carlos), 7- Luquinhas, 8- Luan, 18- Jonathan (11- Murílo), 10- Dodô. Treinador: Galo.

Nove de Julho: 1- Vitor, 2- Caio, 3- Lucas, 4- Bispo, 6- Willian (11- Valter(17- Dubê), 5- Ferradura, 7- Romerito, 8- Kauê Alves, 9- Tiago (16- Tuca), 10- Diego (18- Fernando), 19- Duílio (13- Eduardo). Treinador: Éderson.

Árbitro: Davi
Assistente 1: Anderson Silva
Assistente 2: Luis Carlos
Mesário: Weverton Max

Voltar ao Topo