google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Defesa que ninguém passa, linha zagueiro de raça

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Com golaço de Vitor Hugo, Palmeiras bate São Bernardo por 1×0 em jogo de pouca criatividade – por Caíque Silva

A partida foi desde o primeiro minuto de poucas chances criadas e muitos erros de passe, principalmente nos mais incisivos que pudessem deixar os atacantes em boa situação de gol. Com uma defesa bastante segura, a maior dificuldade do Palmeiras era na armação de jogo, onde no setor de criação tinha apenas Robinho, que não fez uma boa partida.

Como em quase todo jogo, quando está difícil pelo meio, o alviverde abusou de jogadas pelas beiradas do campo, principalmente com Dudu e Lucas, mas que não resultaram em gol no primeiro tempo. Lucas foi melhor no fundamento e protagonizou um bom cruzamento, que por pouco Rafael Marques não fez de cabeça. Arouca e Gabriel foram seguros nas funções, no primeiro bote, ajudando a defesa que se portou muito bem.

Palmeiras

Sem substituições, ambos os times voltaram ao segundo tempo jogando da mesma maneira, mas o Palmeiras trabalhava mais a bola, fazia boas inversões de jogo e amadurecia seu gol. Após boa defesa do goleiro em bola que chegaria para Dudu empurrar para o gol, Vitor Hugo emendou uma bicicleta um pouco desajeitada, fato que mostra porque é zagueiro,  mas que resultou em um golaço do defensor palmeirense.

Após o gol, o Palmeiras se limitou aos contra ataques e deu mais espaço para o São Bernardo criar e pressionar, o que não aconteceu. Sem mobilidade no ataque com Cristaldo e Rafael Marques, Oswaldo de Oliveira promoveu a entrada de Gabriel Jesus no lugar do argentino, mas que nada conseguiu fazer pela postura e cansaço que o Palmeiras mostrava. Robinho também foi sacado para a entrada do jovem volante Renato, mostrando a maior preocupação do treinador em não sofrer o empate do que marcar o segundo.

Já no fim, Leandro Pereira substituiu Rafael Marques, mas o placar se manteve em 1×0 até o último minuto, resultado que não convence, mas é importante para o Verdão na classificação e na moral para a próxima partida em casa, quarta feira, no “Choque-Rei” diante do São Paulo. O Palmeiras segue tranqüilo na liderança de seu grupo, agora com 24 pontos.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *