google.com, pub-3723287605272792, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Resenha pré jogo – Brasil x Argentina

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

 

Caros leitores do FCS, hoje é dia de assistir a nossa querida, mas não tão amada Seleção Brasileira. O adversário da vez é a Argentina, pelo Superclássico das Américas.

O jogo acontece no Serra Dourada, em Goiânia. A Argentina não vence o Brasil, aqui no nosso território, desde 1998, quando venceu por 1×0, em jogo amistoso.

A nossa seleção vem com um time que ao menos na teoria empolga, com um time ofensivo e sólido no sistema defensivo.  O Brasil deve ir a campo com: Jefferson, Lucas, Dedé, Rever e Fabio Santos; Ralf, Paulinho e Jadson; Lucas, Neymar e Luis Fabiano.

Analisando essa formação, o Mano resgata o esquema do auge da nossa seleção, com dois pontas, um centroavante bom de bola. Alem de um meia criativo, vale destacar que Jadson é dono de oito assistências no Campeonato Brasileiro, atuando pelo São Paulo. O time conta ainda com dois volantes que separados podem ser comuns, mas que juntos formam a dupla mais eficiente do futebol brasileiro. Ralf geralmente dá conta do sistema criativo da equipe adversária, sendo ajudado por Paulinho, que consegue auxiliar na marcação e chegar ao campo ofensivo de forma muito eficiente. Os laterais são bons, enquanto Lucas tem uma vocação maior para o apoio ao ataque, Fabio Santos é um dos jogadores com maior aplicação tática do futebol brasileiro. Seu único defeito é que apoia pouco, e quando o faz, dificilmente faz um cruzamento na área. Os zagueiros são bons, o mito Dedé e o sério Rever, não devem deixar a bola chegar até Jefferson, o arqueiro do Botafogo que vive bom momento.

O entrosamento entre Jadson, Luis Fabiano e Lucas deve facilitar o trabalho ofensivo do Brasil, já que é fácil o entrosamento com um jogador da qualidade de Neymar. No sistema defensivo, Dedé e Rever vinham treinando juntos no time reserva da seleção há algumas convocações, além de Fabio Santos, Ralf e Paulinho, serem o pilar do sistema defensivo do Corinthians, senão o melhor, um dos mais eficientes do Brasil. É um time que para atuar contra argentinos que atuam nos dois principais campeonatos da America do Sul, não deve encontrar muitas dificuldades para bater o time argentino. Abusando das jogadas pelas pontas, a dupla de Lucas deve infernizar a zaga argentina, com o apoio de Paulinho. Do outro lado, Neymar e Jadson devem trabalhar juntos, para criar situações para Luis Fabiano, artilheiro da seleção da ultima década, invicto contra os argentinos, contra quem já marcou.

Já o time argentino, que tem os “brasileiros” como destaque, deve vir com uma postura bem cautelosa, como disse Sabella, o técnico da seleção hermana. A seleção que conta com alguns nomes conhecidos como Maxi Rodriguez, que esteve presente nas duas ultima Copas do Mundo, Sebá Domingues, Desabato, e Clemente Rodriguez. Além de Martinez, Guinazu, Barcos e Montillo.

 

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *